Tratamento Contra a Dependência Química

No caso da dependência de drogas, é comum a pessoa apresentar comportamentos como irritabilidade, agressividade, atitudes como isolamento ou, por outro lado, exposição a ambientes de risco (como estar em áreas não seguras da cidade, interagir com pessoas envolvidas com o tráfico, ou se engajando em atividades ilícitas para sustentar a dependência).

Tais sintomas se manifestam com menor ou maior intensidade, conforme o nível de dependência que o indivíduo se encontra. Assim, quanto mais avançado o nível, mais o dependente químico torna-se incapaz de responder às expectativas e responsabilidades, seja nos estudos, no trabalho, relações ou papéis sociais, aumentando riscos para si e para pessoas a sua volta.
O tratamento reúne etapas importantes, como: desintoxicação; psicoterapia; ressocialização, na qual o paciente é preparado para o retorno ao lar e a sociedade.

Primeira fase: Desintoxicação
Em nossa Comunidade Terapêutica, o primeiro passo é o processo de ajuda ao dependente químico na fase da desintoxicação e síndrome da abstinência; contamos com profissionais para esta etapa que é a mais dolorosa para o dependente químico.

Segunda fase: Reabilitação psicológica
Para a continuidade do tratamento do dependente químico, não basta parar com o consumo das drogas ou do álcool, precisamos resgatar no dependente químico a capacidade de pensar com clareza, estimular seu desenvolvimento e sua auto-estima. O dependente químico precisa descobrir que existe uma maneira saudável de viver sem as drogas, está é a principal fase do tratamento.

Terceira fase: Reinserção social
Nesta fase, o dependente químico volta a ter contato com a sociedade, desta vez com uma visão positiva da vida. Durante este período o recuperado faz visitas terapêuticas, retornando ao convívio com a família. Em seu retorno a comunidade o dependente químico trabalha com a equipe as dificuldades encontradas até atingir o equilíbrio necessário para uma vida saudável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *